terça-feira, 24 de junho de 2008

Anjo, demônio, humano?



Não sei quem sou,
nem anjo, nem demônio
um alienígena ou um ser humano?
talvez se olhar em meus olhos,
descobrirá quem sou...
Quiçá com a ajuda do seu olhar,
poderei saber quem realmente sou.



Nem anjo,
nem demônio,
se sou humano
não serei eu
angelical
ou infernal,
talvez
seja
o déficit
de bondade
ou superávit
de maldade.
Seria eu a loucura
em demasia?
Chegando
ao ápice
faço o bem
e pratico o mal
insanamente.
Atiço o desejo
e me retraio
em instantes.
Brado,
xingo e choro,
silencio e oro.
Do pecado
ao arrependimento,
lamentação...
peço perdão.

2 comentários:

גלמ -נחמיה יצחק מת disse...

uau!e com direito a musica de tears for fears!como vc fez isso???irado o blog!sao poemas de propria autoria mesmo???

t+

Açai disse...

Joie

te linkei ta?

:*