quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

FIQUE BEM! BEM LONGE DE MIM!

"Fique bem!" é  o que ouço, sim ficarei bem, desde que fique bem longe de mim.
Não quero perto de mim quem me deixa mal, quem me faz chorar.
Deseje-me o bem, mas bem distante de mim. 
Não quero ouvir a sua voz, nem ler as suas palavras, nem o pequeno agrado.
Não quero o consolo, não quero o pouco, não quero o raso.
Deixe-me com as minhas lágrimas e com as minhas mágoas.
Recordo-me das palavras com que me feriu, então deixe-me com a minha raiva!
Quero estar junto de quem me quer de verdade, e de quem eu queira também.
Não sei se isso terei um dia, apenas quem me deseje de verdade.
Desejo que fique bem...bem longe de mim!

2 comentários:

Humberto Marinho de Oliveira Oliveira disse...

Sugiro que junte todos estes espacos siga esta linha de conduta e percepcao, que e muito agucada, e teremos um bom livro brevemente.Voce precisa alongar mais suas ideias e aglutinar estes pensamentos em sequencia, traduzindo estas sementes magicas e o que ainda ficou por brotar ou fluir.

Délirant? Joie? disse...

É o que preciso mesmo Humberto! Tenho vontade de escrever um livro, e neste momento me sinto meio perdida, e isso fica até que perceptível naquilo que vou escrevendo diariamente. Vou jogando palavras, frases como um desabafo, e preciso realmente desenvolver mais. Ter um foco para que as minhas ideias fluam e se desenvolvam mais.
E mais uma vez obrigada pelas palavras e pêlos conselhos...por vezes não boto fé em mim.
Muito obrigada!!!